Funções Harmônicas

O que é harmonia funcional?

Harmonia funcional é um termo muito usado porém muito desconhecido para muitos. Você já ouviu falar em harmonia funcional?

Harmonia funcional é o estudo da harmonia que trata de funções. Ou seja, cada acorde dentro de uma tonalidade tem uma função específica, que gera uma sensação específica e possui determinado objetivo dentro de uma cadência. Para explicar melhor, vou dar alguns exemplos de cadências, mas abordaremos este assunto mais profundamente em outro post.

Receba nossa newsletter

Graus - A melhor maneira de estudar harmonia funcional

Quando vamos estudar harmonia, é importante que a estudemos em graus, para entender a harmonia como um todo e não somente em uma tonalidade. Por isso vamos sempre pensar em Graus da seguinte forma:

I – IIm – IIIm – IV – V – VIm – VIIº

C – Dm – Em – F – G – Am – Bº 

No exemplo acima, usamos a tonalidade de C. Então sempre que formos pensar em cadências, reharmonização e etc, vamos começar a pensar em graus para maior compreensão.

Cadência

Cadência é uma sequencia de acordes que resulta em uma finalização harmônica. Existem vários tipos de cadência, e se você quiser saber mais sobre este assunto, clique aqui para baixar o ebook Como Tocar Teclado, onde eu falo mais sobre este e outros assuntos. Vamos usar o exemplo da cadência perfeita. Nessa cadência, temos o V grau resolvendo no I grau. Na tonalidade de C, seria o G resolvendo no C. No estudo da harmonia funcional, o V grau tem a função de resolver no I grau, que tem a função de resolver a cadência, seja para finalização de uma parte, ou finalização da música.

Funções harmônicas - a base da harmonia funcional

Já que entendemos que devemos pensar em Graus,e depois entendemos o conceito de cadências, vamos agora para as funções harmônicas. Deixando claro que, essas funções e a forma como entendemos elas, são apenas métodos para internalizar o estudo, não leve isso como regra de vida ou como algo imutável porque quando se trata de emoções, isso é algo relativo. Para as definições, vamos usar um campo harmônico maior.

I GRAU – TÔNICA: Resolve a cadência, é responsável pela tonalidade da música, gera sensação de repouso.

II GRAU – SUBDOMINANTE RELATIVA: Sensação de abertura, porém por ser um grau menor é um pouco mais fechado.

III GRAU – DOMINANTE RELATIVA: Sensação de tensão, pede uma resolução, porém por ser o III grau e ser um grau fraco, a sensação de tensão é menor se comparado com o V GRAU.

IV GRAU – SUBDOMINANTE: Sensação de expansão, de abertura.

V GRAU – DOMINANTE: Sensação de tensão, inquietação, pede uma resolução.

VI GRAU – TÔNICA RELATIVA: Sensação de resolução fraca.

VII GRAU – SENSÍVEL: Sensação de tensão, de inquietação. Se você comparar as notas do V grau com 7, esse acorde está dentro dele. V GRAU COM 7: G – B – D – F/ VII GRAU: B – D – F.

Como tocar Deus me Ama

Como tocar “Deus me ama” no teclado? Gostaria de dar as boas vindas para uma nova forma de ajudar você aqui no site. Estamos lançando

Leia mais
Harmonia Funcional

Harmonia Funcional

Harmonia funcional é o estudo da harmonia que trabalha funções harmônicas, onde cada acorde possui uma função diferente e única dentro da tonalidade.

Leia mais
O mito das 8 horas

O mito das 8 horas

Ao estudar música, ouvimos várias pessoas falando sobre o mito das 8 horas de estudos, que você precisa estudar 8 horas por dia. Isso é verdade?

Leia mais
O que são acordes

O que são acordes?

Os acordes são o resultado de várias notas tocadas juntas. Existem 4 tipos de acordes, e cada um deles tem uma função em uma música.

Leia mais
O que são acidentes musicais

Acidentes Musicais

Os acidentes musicais são alterações feitas nas notas naturais. Existem 5 acidentes musicais, mas cada um tem sua função muito específica.

Leia mais

Força das funções

As funções, como já vimos nas definições, possuem forças. Essa força, quer dizer o nível de profundidade que essa função transmite quando é tocada.

O I, IV e V GRAU são os que tem as funções fortes. São as funções que são mais facilmente perceptivas.

O II, III, VI e VII GRAU são os que tem as funções mais fracas, ou mais difíceis de se perceber. Importante dizer que tudo isso, com estudo de percepção musical fica fácil de se perceber depois.

Conclusão

Harmonia funcional é um estudo de harmonia feito a partir das funções que cada acorde exerce dentro de uma tonalidade. Esse estudo é incrivelmente extenso, daria para fazer um curso inteiro somente com ele. O importante é que a base você já entendeu. Se você gostou desse artigo, deixe um comentário e compartilhe com quem você quer que cresça junto com você! Se inscreva também no nosso canal do youtube para vídeo aulas e dicas valiosas sobre a vida de músico clicando aqui. Muito obrigado

Facebook
Twitter
WhatsApp